Busca:
 

Atendimento
11 3159-4606

Login

Dominique
AUTOR:
Eugène Fromentin
Editora:
Gayo Editorial
ISBN:
978-85-68526-02-6
Idioma:
Português
Formato:
16x23
Páginas:
240
Ano de Edição:
2015
Edição:
1º Edição
VALOR:
R$ 31,50

RESENHA:
O autor Eugène Fromentin foi um pintor, exímio observador das paisagens e suas transformações, tanto
naturais quanto sociais. Seja nos campos ou na mais vibrante capital de seu tempo, Paris.
Em Dominique, Eugène Fromentin também mostra sua capacidade de dar vida às paisagens internas,
feitas de emoções contraditórias e pensamentos incertos. Fortemente inspirado na vida do autor, o
romance Dominique começa de mansinho e, quando menos se espera, nos arrebata num intenso fluxo de
sentimentos e dúvidas do qual só será possível escapar lendo até a última página.
Dominique é um jovem que está no olho do furacão, entregue a um amor irrefreável e, ao mesmo tempo,
impossível. Ele buscará sua conquista, mesmo que signifique entrar em conflito com seus próprios
princípios e valores.
Em contato com sua intimidade mais cálida, mergulhamos na angústia, no desespero e na esperança de
alguém que se entrega ao seu destino, por mais cruel que possa parecer.
Hoje em dia, quando as relações estão tão virtualizadas, é apaixonante ler um romance que nos confronta
diretamente com o humano. Por isso, Dominique é um livro raro, em muitos sentidos. O que apenas realça
o valor da iniciativa da Gayo Editorial de apresentá-lo ao leitor brasileiro.

Maurício Ayer (tradutor)


CAPA

Além de uma composição primorosa, a capa de Dominique traz uma pintura de 1818 feita por
Caspar Friedrich (grande paisagista, gravurista, desenhista e escultor romântico alemão).
 
Veja o Que Dizem Sobre a Obra:
“Dominique é dedicado a George Sand, foi publicado na Revue des Deux Mondes em maio de 1862. É
considerado um dos romances mais notáveis do século XIX” (Wikipedia)

“Não existe muita diferença entre Fromentin e a sra. Gaskell. Ambos tem a mesma delicadeza de textura, a
mesma precisão de estilo e a firmeza de toque num teclado deliberadamente restrito” (The Spectator,
Londres)

“As pinturas de Fromentin mostram apenas um lado do seu talento, que talvez seja ainda mais felizmente
expressa na literatura. Dominique, publicado pela primeira vez em 1862, é notável entre a ficção do século
XIX, por sua observação imaginativa” (Enciclopédia Britânica)

“Fromentin também publicou suas notas de viajem. Mas sua obra-prima é o romance psicológico Dominique
em que evoca a triste experiência amorosa de sua mocidade em Paris” (Enciclopédia Mirador)

Sobre o autor Eugène Fromentin (1820-1876)

A notoriedade de Eugène Frometin se deve principalmente a sua obra como pintor. Frometin nasceu em
1820 na pequena cidade de La Rochele, na costa atlântica da França, onde se destacou como aluno
brilhante no ensino secundário.
Em 1839, Frometin foi estudar em Paris. Após obter o diploma de Direito, passou a frequentar os ateliês e a
ter aulas com os pintores Jean Charles Rémond e Louis Cabat.
Em 1846, Fromentin foi pela primeira vez à Argélia, país que visitaria outras vezes, e voltou à França cheio
de ideias e esboços. Produziu não apenas quadros retratando a paisagem do norte da África e a cultura
árabe, como também trouxe relatos de viagem, como a série difundida pela Revue de Paris (Revista de
Paris), de junho a dezembro de 1854.
A aguçada sensibilidade de Fromentin para as paisagens e personagens lhe seria de grande valia na
criação de sua obra-prima literária, o romance Dominique, editado pela primeira vez em 1862.
Pelo conjunto de sua obra, Fromentin foi indicado para a Academia Francesa em 1876. Neste mesmo ano,
veio a falecer, em sua cidade natal, poucos dias após ser acometido de uma enfermidade rápida e
fulminante.


 
Mapa do Site